Prince Bajracharya

Bing Ads Engineering
POSTS DO BLOG

O Bing Ads Editor 11.1 está ainda mais fácil de usar e seu desempenho foi otimizado para a versão de 64 bits

Lançamos o Bing Ads Editor 11.0, em uma versão totalmente nova. Além do feedback positivo, também recebemos ótimas sugestões para aprimorá-lo ainda mais. Assim, nesta nova versão, nos empenhamos em incorporar uma série de aperfeiçoamentos. Também estamos muito satisfeitos com o lançamento da nova versão de 64 bits do Bing Ads Editor. Se você usa o sistema operacional Windows de 64 bits e tem pelo menos 8 GB de memória, quando instalar a versão de 64 bits do Bing Ads Editor, seu desempenho será ainda melhor. 

Mais facilidade de uso: 

Usamos seus comentários como base para os seguintes aprimoramentos, de modo a tornar o Bing Ads Editor ainda mais intuitivo e fácil de usar: 

RECURSO DE ARRASTAR E SOLTAR: 

Na versão 11.0, você podia recortar, copiar e colar palavras-chave, grupos de anúncios, campanhas e outros itens, mas não era possível arrastá-los e soltá-los. Agora, com a v11.1, você arrasta e solta os itens de maneira intuitiva dentro da mesma conta ou mesmo entre várias contas. Porém, preste atenção: 

1.    Ao arrastar e soltar itens dentro da conta, eles são recortados e colados. 

2.    Ao arrastar e soltar itens entre contas, eles são copiados e colados. 

3.    Se você pressionar a tecla “Control” ao arrastar e soltar, os itens sempre serão copiados e colados. 

4.    Os itens só podem ser soltos na exibição em árvore (somente em inglês) do painel esquerdo. 

5.    Não é possível arrastar e soltar itens da “Biblioteca compartilhada”. 

 

FICOU MAIS FÁCIL DIFERENCIAR O MODO DE EXIBIÇÃO “TODOS” DOS OUTROS 

Nos disseram que é fácil esquecer dos modos de exibição predefinidos ativos que filtram itens (como as exibições “Em pausa” ou “Reprovações editoriais”). Como nem todos os itens aparecem na grade, isso fica um pouco confuso. Para resolver esse problema, agora todos os modos de exibição predefinidos são realçados, exceto a exibição “Todos”. Assim, você tem uma indicação visual de que alguns itens podem estar ocultos.  

 

NOVOS MODOS DE EXIBIÇÃO PREDEFINIDOS “NOVOS ITENS” E “ITENS EDITADOS” 

Para que você possa ver rapidamente os itens que acabou de adicionar ou editar, incluímos dois novos modos de exibição predefinidos: “Novos itens” e “Itens editados”. 

 

 

"STATUS PAI” DE TODOS OS ITENS APLICÁVEIS 

No momento de gerenciar suas campanhas, pode ser muito conveniente saber o status dos itens pai. Por isso, nessa versão, você pode ver o status pai de todos os itens aplicáveis na própria grade.  

Observação: se o campo “Status pai” não está aparecendo, você pode adicioná-lo usando o seletor de coluna. 

 

 

PERSISTÊNCIA DA COLUNA DEPOIS DE “EXIBIR ESTATÍSTICAS” 

Você pode adicionar, remover e reorganizar as colunas nas grades do Bing Ads Editor conforme precisar. Na versão anterior, às vezes, a disposição personalizada das colunas voltava ao layout padrão, quando você clicava em “Exibir estatísticas” para baixar as métricas. Agora essa falha não acontece mais. 

EXPORTAÇÃO APRIMORADA DE ERROS EDITORIAIS 

A interface do usuário do Bing Ads Editor apresenta mensagens de erros editoriais claras e intuitivas. Porém, na versão anterior, ao exportá-las, as mensagens do arquivo eram um pouco diferentes e não apresentavam o motivo específico da rejeição. Nós mudamos o texto do arquivo exportado, incluindo todos os detalhes mostrados na interface do usuário. 

     Erro editorial exibido na interface do Bing Ads Editor 

VERSÃO DE 64 BITS DO BING ADS EDITOR 

Agora temos uma versão de 64 bits do Bing Ads Editor. Se você usa o sistema operacional Windows de 64 bits e tem pelo menos 8 GB de memória, a instalação dessa nova versão otimizará o desempenho do Bing Ads Editor. Assim, você poderá fazer tudo ainda mais rápido. 

Vá para a página de download para instalar a versão de 64 bits do Bing Ads Editor
  
Observações: 

  • Se você tem uma versão de 32 bits do Bing Ads Editor instalada, primeiro é necessário desinstalá-la (as contas baixadas serão excluídas) para poder instalar a versão de 64 bits. Observe que, como as contas baixadas serão excluídas, após a instalação, será necessário baixar suas contas novamente. 
  • Lembre-se de que as versões 10 e 11.0 do Bing Ads Editor podem ser executadas lado a lado. Ou seja, você precisa desinstalar as versões de 32 bits dos dois aplicativos para poder instalar a versão de 64 bits. 

Nos diga o que você pensa. Entre em contato conosco no twitter ou envie seus comentários diretamente para bingads-feedback@microsoft.com. 


Continuar lendo

Bing Ads Editor 11.0: suporte para gerenciamento de várias contas, novo design e muito mais

É com muito prazer que anunciamos o lançamento do Bing Ads Editor (BAE) 11.0 – criado do zero para torná-lo mais eficiente para você gerenciar suas campanhas. Durante a criação do BAE 11.0, focamos em duas perguntas. Primeira: como podemos ajudá-lo a fazer mais, em menos tempo? Segunda: como podemos melhorar a interface para facilitar o uso do Bing Ads Editor? O suporte para gerenciamento de várias contas responde à primeira pergunta, e uma série atualizações de usabilidade combinadas ao novo design da interface responde à segunda. Vamos olhar mais de perto.

Suporte para gerenciamento de várias contas

Você tem muitas contas grandes para baixar? Precisa importar várias contas? Precisa fazer aquelas edições em massa urgentes "para ontem"? Sem problemas! Com o suporte para várias contas, você pode fazer tudo isso ao mesmo tempo.

Comece abrindo a janela Gerente de Contas e adicione quantas contas você quiser.

Na versão anterior, você podia baixar somente uma conta por vez, e não fazia mais nada até o término do download. Com o BAE 11.0, não há mais espera! Enquanto os downloads das contas estão em andamento, você pode abrir quantas contas baixadas anteriormente quiser e trabalhar nelas também. Por exemplo, digamos que você tenha cinco contas atualmente em download.  Durante esse tempo, você pode abrir uma conta baixada anteriormente e fazer uma importação.  Enquanto essa importação está em andamento, você pode abrir outra conta e fazer edições em massa.  É fácil realizar várias tarefas no Editor.

Copiar/Colar entre contas

Com o suporte para gerenciamento de várias contas, agora é possível copiar e colar entre contas. Você pode copiar palavras-chave, anúncios e até campanhas inteiras de uma conta para outra com apenas alguns cliques.

Novo design da interface

Reformulamos completamente a interface do Bing Ads Editor para proporcionar uma experiência mais moderna e amigável, com melhorias importantes como:

Melhor navegação com lista de tipos

A nova lista de tipos no painel esquerdo organiza melhor itens diferentes (Campanhas, Grupos de anúncios, Palavras-chave, Extensões de Sitelink, etc.) do que as abas da versão anterior do BAE. Isso permite que você navegue nos itens em que deseja trabalhar mais rapidamente do que antes. Além disso, o número de tipos diferentes de itens agora sempre aparece na própria lista de tipos – não é mais preciso ir para guias individuais para encontrá-los.

   

Menu vertical no painel esquerdo

Para você acessar suas campanhas ativas mais rapidamente, a exibição em menu vertical no BAE 11.0 agora organiza suas Campanhas/Grupos de anúncios de forma intuitiva, colocando automaticamente os itens ativos no topo da lista, seguido dos itens em pausa e excluídos no final.

Interface de pesquisa avançada melhorada

Ouvimos seu feedback de que, nos resultados de uma pesquisa avançada, não havia indicações de que talvez nem todos os dados estivessem sendo mostrados, exceto pela mudança do nome exibido. Para resolver isso, o BAE 11.0 mostra os critérios de pesquisa que você especificou para a pesquisa avançada logo abaixo da barra de pesquisa. Além disso, agora a lista de tipos mostra claramente o número de resultados correspondentes da contagem total. 

 

Antes

Depois

Também deixamos a janela de pesquisa avançada mais limpa para tornar o uso mais intuitivo, mas mantendo toda a sua funcionalidade.

 Antes

 

Depois

Observação: a filtragem baseada em estatísticas de desempenho agora é colocada com outros critérios de pesquisa.

Opções avançadas

Na versão anterior do BAE, as opções avançadas para itens diferentes (ex.: Segmentação adicional, Excluir site, etc. para Grupos de anúncios; Alterações de lances avançados, Alterações avançadas de URL, Substituir texto, etc. para Palavras-chave) eram encontradas na parte inferior do painel do Editor como links azuis. Agora essas opções estão em Opções avançadas, logo acima do painel do gerenciador para um acesso prático e centralizado.

 

Antes

Depois

Login simplificado

Você já ficou na dúvida se é para usar sua conta da Microsoft ou o nome de usuário do Bing Ads para entrar no Editor? Agora você pode simplesmente digitar seu nome de usuário para o BAE determinar automaticamente o tipo de identificação que você usou e solicitar sua senha – uma coisa a menos para pensar antes de mergulhar em suas campanhas.

Antes

Depois

O que os clientes piloto estão dizendo?

Nós testamos o BAE 11.0 com um grupo de anunciantes antes de lançá-lo no mercado. Aqui estão alguns comentários que recebemos de nossos clientes piloto:

·   Minha primeira impressão foi muito boa. Downloads/uploads rápidos, pouca espera enquanto trabalhamos diretamente no BAE, ótimo design

Kevin Lippmann, Hotel DE

·   Acabei de baixar quatro contas, três delas ENORMES e tudo demorou menos de cinco minutos

Nikki Kuhlman, Jumpfly

·   Estava lidando com o editor hoje e adorei a nova interface e a experiência de usuário!

Kevin Holze, Reprise Media

·   Adorei o produto em geral! É mil vezes melhor que o v10

Jin Cen, Gerente de contas do Bing Ads

 

Esperamos que você tenha uma experiência tão positiva como estas com a nova versão, mas envie sua opinião! Você pode entrar em contato conosco diretamente pelo email BingAds-feedback@microsoft.com.

Instale o Bing Ads Editor 11.0 agora.

Você pode instalar o BAE 11.0 acessando esta página.[RJ2] 

Observe que a versão anterior do BAE não será desinstalada após a instalação do BAE 11.0. Use o em vez do anterior.

 

Você poderá continuar usando versões mais antigas do BAE por alguns meses. No entanto, as novas funcionalidades e atualizações serão adicionadas somente ao BAE 11.0.

Obrigado.

Prince

 

 

 


 

 
 
 
Continuar lendo

Detalhes sobre mudanças nos produtos do Bing Ads devido à parceria com a AOL

Temos a satisfação de anunciar que o Bing agora é a plataforma para a pesquisa da AOL na Web, em celulares e em tablets, fornecendo anúncios de links patrocinados e resultados algorítmicos de pesquisas orgânicas às propriedades da AOL no mundo todo, e exclusivamente nos Estados Unidos, no Reino Unido, no Canadá e na Austrália. Com essa parceria, estamos implementando diversas mudanças em componentes do Bing Ads, entre eles a página Campanhas, a página Relatórios, a experiência de importação do Google AdWords, o Planejador de Palavras-chave e o Planejador de Campanhas. Este artigo mostra detalhes sobre essas novidades. 

Bing Ads – Página Campanhas

A configuração da distribuição de anúncios é usada para especificar onde você quer que seus anúncios sejam exibidos. Isso pode ser definido durante a criação da campanha e do grupo de anúncios, e pode ser atualizado no nível do grupo de anúncios. As opções de distribuição de anúncios mudaram para incluir a rede AOL, conforme mostrado nas capturas de tela abaixo.

Observação: você não precisa fazer nenhuma alteração nas suas configurações de distribuição de anúncios.  Suas configurações atuais continuam sendo válidas, só que as propriedades da AOL são acrescentadas a cada uma das três opções. 

 

Captura da tela Configurações avançadas (usada na criação de campanhas, na criação de grupos de anúncios e na definição das configurações de grupos de anúncios)

 

Captura da tela de edição em massa de grupos de anúncios

 

Bing Ads – Página Relatórios

 

1.      Coluna Rede

Atualmente, a coluna ‘Rede’ dos relatórios (por exemplo, relatório de desempenho de palavra-chave, relatório de desempenho de campanha) tem os seguintes valores possíveis:

 

* A partir de janeiro de 2016, as propriedades da AOL serão incluídas, como indicado na captura da tela Configurações avançadas, acima.

Adicionamos um novo valor à coluna ‘Rede’:

 

Observação: a adição acima também será aplicada aos relatórios executados por meio da API de Relatórios. Clique aqui para saber mais.

 

2.       Coluna Superior e outra

Atualmente, a coluna ‘Superior e outra’ dos relatórios (por exemplo, relatório de desempenho de palavra-chave, relatório de desempenho de campanha) tem os seguintes valores possíveis:

 

*A partir de janeiro de 2016, as propriedades da AOL serão incluídas, como indicado na captura da tela Configurações avançadas, acima.

Adicionamos novos valores à coluna ‘Superior e outra’:

 

Observação: as adições acima também serão aplicadas aos relatórios executados por meio da API de Relatórios. Clique aqui (somente em inglês) para saber mais.

 

3.      Relatório URL do Site (Editor)

Atualmente, na coluna ‘URL do Site’ do relatório ‘URL do Site (Editor)’, todos os sites de propriedade e operação do Bing e do Yahoo são consolidados em ‘Somente Propriedades de Pesquisa do Bing e do Yahoo’. Porém, no caso dos sites de propriedade e operação da AOL, as URLs dos sites propriamente ditas serão exibidas como itens em linhas separadas, em vez de serem consolidadas.

 

4.      Relatório Histórico de Alterações

Caso você tenha feito alterações na distribuição de sua rede antes de 1o de janeiro de 2016, os valores antigos e os valores novos no Histórico de Alterações serão atualizados de modo a incluir a rede AOL. Observe, porém, que seus anúncios foram veiculados apenas em propriedades do Bing e do Yahoo antes de janeiro de 2016. Isso também acontecerá com os dados da guia Histórico de Alterações.

 

Bing Ads Editor

No Bing Ads Editor, a distribuição de rede para os grupos de anúncios pode ser alterada no painel Editar da guia Grupos de Anúncios. As opções de distribuição de rede mudaram para incluir a rede AOL em todas as três opções, conforme mostrado na captura de tela abaixo.


 

Observação: você não precisa fazer nenhuma alteração nas suas configurações de distribuição de anúncios.  Suas configurações atuais continuam sendo válidas, só que as propriedades da AOL são incluídas em cada uma das três opções.

 

Importação do Google AdWords

Os grupos de anúncios que são importados do Google AdWords têm a distribuição de anúncios padrão definida como “Todas as redes de busca”; isso não vai mudar. Porém, a opção “Todas as redes de busca” agora inclui a pesquisa na AOL além dos parceiros de busca sindicalizados e de propriedade e operação do Bing e do Yahoo.

 

Bing Ads – Planejador de Palavras-chave

No Planejador de Palavras-chave, a segmentação por rede das estatísticas históricas e das estimativas de tráfego pode ser alterada na seção Segmentação. As opções de segmentação de rede mudaram para incluir a rede AOL em todas as três opções, conforme mostrado na captura de tela abaixo.

 

Com a seleção correspondente, tanto as estatísticas históricas - incluindo média, pesquisas mensais, concorrência e lance sugerido - como as estimativas de tráfego levam em conta o tráfego na AOL.

Bing Ads - Planejador de Campanhas

Seguindo as mesma definição da distribuição de rede de busca no Bing Ads, o Planejador de Campanhas também calcula a AOL em fatias de tráfego correspondentes.

Talvez a tendência seja uma elevação do tráfego nos níveis vertical, de produto e de palavras-chave por causa das propriedades da AOL recém-adicionadas.

 

Perguntas? Comentários?

É só nos contatar no Twitter, acessar o fórum de respostas do Bing Ads para tirar dúvidas, enviar e votar nos recursos prioritários no fórum de sugestões de recursos do Bing Ads ou nos enviar seus comentários diretamente pelo email BingAds-feedback@microsoft.com.

Boa sorte com seus anúncios!

Prince

Continuar lendo

Saiba usar as tags de Rastreamento Universal de Eventos com soluções de gerenciamento de tags.

Conforme anunciado recentemente, o Rastreamento universal de eventos é uma nova maneira eficiente de rastrear as atividades de seu site no Bing Ads. Para quem já sabe lidar com tags, este artigo detalha etapas específicas para implementação de tags de rastreamento universal de eventos com soluções de gerenciamento de tags comuns: Gerenciador de tags do Google, Gerenciamento dinâmico de tags do Adobe e Qubit Opentag.

I. Uso de tags de rastreamento universal de eventos do Bing Ads com o Gerenciador de tags do Google

1. Entre no Gerenciador de tags do Google com suas credenciais.

2. Clique na conta que contém o contêiner da tag que você deseja usar. Configure uma nova conta no Gerenciador de tags do Google, caso ainda não tenha uma conta.

3. Clique no contêiner em que deseja adicionar a tag do Bing Ads. O contêiner deve ser configurado para uso nas páginas da Web. (Isso pode ser feito no momento da criação do contêiner selecionando “Páginas da Web” para a opção “Onde usar o contêiner”.) Configure um novo contêiner, caso ainda não tenha o contêiner criado.

4. Clique em “Novo” e em “Tag”.

5. Digite o nome da nova tag.

6. Selecione “Tag HTML personalizada” como o “Tipo de tag” no menu suspenso.

7. Cole a tag UET do Bing Ads obtida da interface do usuário do Bing Ads na seção “HTML”.

8. Adicione regras de ativação para a tag que acabou de criar, conforme apropriado, e clique em “Salvar”. (Exemplo: a regra pré-existente é disparar em todas as páginas, que pode ser adicionada como regra de ativação para esta tag).

9. Clique em “Salvar” para salvar a tag.

10. Se for uma nova tag de contêiner, veja abaixo a etapa para instrumentar a tag do contêiner para o site do anunciante:

a. Clique em “Administrador”.

b. Clique em “Instalar GTM”.

c. Copie e cole o trecho de código do contêiner do Google imediatamente depois da tag de abertura <body> em cada página do site. Remova as tags do Bing Ads das páginas, se houver.

11. Teste a tag do contêiner clicando em “Visualizar”. Isso coloca o navegador no modo de visualização, no qual o site instrumentado com a tag do contêiner é mostrado com o código atualizado. Também é possível habilitar a depuração clicando em “depurar”. Isso abrirá uma janela do console na parte inferior do navegador mostrando o status das tags (por exemplo, disparada, não disparada) no contêiner. Consulte o seguinte para obter detalhes:

  • Configuração e fluxo de trabalho do GTM AQUI
  • Visualização e depuração do GTM AQUI

 

12. Na área à esquerda, vá para Versões>Visão geral, e selecione a versão salva ao visualizar o site. Clique em “Publicar” para publicar o contêiner da tag.

II. Uso de tags de rastreamento universal de eventos do Bing Ads com o Adobe Dynamic Tag Management

Veja aqui as etapas:

1. Faça logon no Adobe Dynamic Tag Management com suas credenciais e clique na propriedade da Web (site) que você deseja usar com o UET.

2. Se você ainda não tiver inserido o código de cabeçalho e rodapé do Adobe DTM, faça isso na guia “Embed”.

3. Vá até a guia “Rules” e edite uma regra ou clique em Create New Rule. O UET funciona melhor em Carregamento de página.

4. Dê um nome para a nova regra e expanda a seção Javascript / Third Party Tags para adicionar a tag UET.

5. Clique em “Add New Script” e faça o seguinte:

a. Importante: selecione o tipo “Non-sequential HTML”, pois as tags <script> são incluídas na ação copiar-colar do Bing Ads.

b. Cole a tag UET na seção de script.

c. Clique no botão “Save Code”.

6. Confirme se suas tag foram adicionadas e clique em Save Rule.

7. Na guia “Approvals”, verifique se a alteração está conforme desejado e clique em “Approve”.

8. Confirme novamente se deseja adicionar a regra e pronto!

III. Uso de tags de rastreamento universal de eventos do Bing Ads com o Qubit Opentag.

Veja aqui as etapas:

1. Faça logon no Qubit Opentag com suas credenciais.

2. Clique no botão “+Add New Script” associado ao contêiner no qual deseja adicionar a tags de rastreamento universal de eventos do Bing Ads. Configure um novo contêiner, caso ele ainda não tenha sido criado.

3. No formulário “Add New Script”, faça o seguinte:

a. Selecione “Custom Script” como “Script Type”.

b. Selecione “HTML” como “Script Source”.

c. Cole a tag UET na seção “Inline HTML”.

d. Selecione “End of <head>” como “Script Location”.

e. Não é necessário configurar a seção "Cookie Consent".

f. Não é necessário fazer alterações na seção “Advanced Features” para a tag UET. No entanto, se você quiser personalizá-la, faça as alterações desejadas.

g. Clique no botão “Save Script”.

Observação: você pode ignorar os avisos. Eles aparecem porque a tag contém JavaScript minimizado.

4. Clique no botão “Commit” correspondente ao contêiner para confirmar as alterações.

5. Para confirmar as alterações na caixa de diálogo “Committing to CDN”, digite “CONFIRMAR” e clique no botão “Commit Container”.

6. Abaixo aparecerá uma mensagem com o código do Qubit Opentag. Copie e cole o código em suas páginas da Web.

Recursos

Para obter mais informações sobre como implementar o rastreamento universal de eventos, visite:

Comentários? Perguntas? Use o formulário abaixo, visite nosso Fórum de sugestões de recursos ou fale conosco pelo Twitter ou Facebook.

Obrigado,

Prince

Tags: Gerenciamento de contasRecursos e versõescomo fazertagsrastreamento universal de eventos

Siga-nos no Twitter @BingAds | Curta-nos no Facebook | Participe conosco do LinkedIn | Conheça nossas ideias sobre liderança no SlideShare | Veja-nos no YouTube | Crie sua conta no Blog do Bing Ads

 

Continuar lendo