Arquivo: Agosto 2016

As URLs Atualizadas já estão disponíveis no Bing Ads: ficou ainda mais fácil gerenciar suas URLs de rastreamento

Pode ser muito difícil acompanhar o desempenho de suas campanhas e entender como os clientes reagem a seus anúncios. Além das diversas métricas de desempenho, você também tem muitas campanhas e anúncios para gerenciar de modo a garantir o investimento eficiente de seu orçamento e o aumento de seu retorno sobre gastos com anúncios. As URLs Atualizadas foram criadas para simplificar as coisas para você.

O que são as URLs Atualizadas?

 

Atualmente, você usa URLs de destino para direcionar os clientes para a página de destino mais relevante associada à palavra-chave e para rastrear informações importantes sobre seus anúncios, como a palavra-chave que disparou uma conversão ou o nome da campanha que acionou um anúncio.

 

Todas essas informações são captadas em uma única URL, que combina a URL da página de destino com as informações de rastreamento. Isso pode se tornar complicado e dificultar até as mudanças posteriores mais simples nos parâmetros de rastreamento de URLs.

 

 

Com as URLs Atualizadas, melhoramos a maneira como você gerencia o rastreamento de anúncios para permitir a rápida atualização de seus códigos de acompanhamento, sem interromper a veiculação dos anúncios.

 

Haverá campos separados para as URLs e os parâmetros:

1.  URL Final – a URL da página de destino para a qual você está direcionando o usuário.

2.  Modelo de Rastreamento Compartilhado – contém suas informações de rastreamento e serve como um elemento básico para todas as URLs de sua conta.

3.  Parâmetros Personalizados – contêm informações de rastreamento mais específicas e relevantes para suas URLs e seus relatórios.

 

Benefícios das URLs Atualizadas

Gerenciamento de rastreamento mais eficiente: gerencie e atualize as informações de rastreamento de várias URLs usando um único modelo de rastreamento compartilhado. Edite em massa centenas, milhares ou milhões de URLs com uma só alteração rápida.

 

Menos tempo de inatividade, mais conversões e cliques: altere o rastreamento de suas URLs de forma rápida e segura usando um modelo de rastreamento em nível de conta, sem que seus anúncios sejam enviados para revisão. Assim, seus anúncios continuam sendo veiculados e você não perde possíveis conversões.

 

Informações adicionais de rastreamento: acompanhe mais informações com os novos parâmetros personalizados e as substituições de texto dinâmico para saber mais sobre a origem dos cliques em seus anúncios.

 

Comece a usar as URLs Atualizadas imediatamente

Importe suas URLs Atualizadas do Google AdWords: economize tempo usando a ferramenta de importação para ter as campanhas de sua conta do Google AdWords diretamente no Bing Ads, incluindo as URLs Atualizadas. Você pode fazer isso na interface Web do Bing Ads ou usando o Bing Ads Editor. Saiba mais

 

Gerencie suas URLs Atualizadas em massa usando o Bing Ads Editor 11.1: melhore sua produtividade usando o Bing Ads Editor para sincronizar suas campanhas e contas, fazer alterações ou adições offline, implementar URLs Atualizadas e atualizar suas correções com um só clique. Saiba mais

 

O que você deve saber, dicas e práticas recomendadas das URLs Atualizadas

Defina um modelo de rastreamento em nível de conta: é recomendável configurar o modelo de rastreamento em nível de conta. Assim, todas as alterações que você fizer serão propagadas até seus anúncios e outras URLs. Claro, é possível continuar gerenciando ou substituindo o rastreamento individualmente, usando os modelos de rastreamento locais para palavras-chave, anúncios ou links de site. Mas você tem a flexibilidade de optar pelo método mais adequado. Saiba mais

 

Explore as vantagens das URLs para dispositivo móvel: ao configurar as URLs de páginas de destino, agora é fácil definir uma URL diferente para as visitas ao site originadas em dispositivos móveis. Essa separação possibilita uma leitura mais clara e proporciona rapidez ao gerenciar seus anúncios para desktop e para dispositivos móveis. Saiba mais

 

Seja mais específico usando os parâmetros personalizados: os parâmetros personalizados são extremamente convenientes para os anunciantes que desejam definir seus próprios parâmetros de rastreamento. Eles permitem combinar parâmetros de URLs consolidados de uso comum ou criar parâmetros específicos para a campanha. Depois, você pode adicioná-los a seus modelos de rastreamento ou a suas URLs finais. Saiba mais

 

Utilize URLs de palavra-chave em vez de {param1}: incentivamos os anunciantes que precisam do rastreamento e de relatórios em nível de palavras-chave muito específicos a utilizar as URLs para dispositivo móvel e finais de palavra-chave em vez da abordagem convencional de {param1}. Primeiro, mova sua palavra-chave {param1,2,3} para as URLs finais de palavra-chave. Depois, defina a URL final do anúncio como a URL de visualização. Saiba mais

 

Aproveite o aumento dos limites de caracteres de URLs: atualmente, as URLs de destino têm um tamanho máximo de 1024 caracteres, o que limita o número de parâmetros da URL que você pode utilizar para fins de rastreamento. Agora, com as URLs Atualizadas, você pode usar até 2048 caracteres nas URLs finais e nos modelos de rastreamento, com um tamanho máximo efetivo de 4096 caracteres.

 

Experimente os novos parâmetros de rastreamento de URLs para controlar os cliques em anúncios: ao longo dos últimos meses, adicionamos suporte para mais parâmetros de rastreamento de URLs, que podem fornecer mais informações sobre o visitante que efetuou o clique, como o nome e ou a identificação da campanha que disparou o anúncio. Quanto mais informações sobre seus cliques estiverem disponíveis, mais eficientes serão as otimizações de sua campanha. Saiba mais

 

Simplifique o rastreamento com a codificação automática do Bing Ads: os clientes que usam a codificação automática do Bing Ads para enviar marcas UTM às URLs de suas páginas de destino também poderão fazer isso usando as URLs Atualizadas. A codificação automática acrescenta as marcas UTM ao final da URL, depois da aplicação de todos os parâmetros da URL e modelos de rastreamento. Saiba mais

 

Disponibilidade das URLs Atualizadas

No momento, as URLs Atualizadas estão sendo implementadas para todos os anunciantes do mundo inteiro. Visite nosso site de ajuda para conhecer outros recursos de rastreamento e análises de URLs. Saiba mais

 

Para anunciantes e agências: converse com o gerente de sua conta e conheça a ferramenta de marketing de busca para entender os planos de URLs Atualizadas. Dessa forma, você terá uma transição mais uniforme, pois o suporte às URLs Atualizadas será lançado nas próximas semanas e meses, junto com nossas ferramentas para parceiros.

 

Cronograma de encerramento das URLs de Destino: os anúncios de texto que usam URLs de Destino continuarão sendo veiculados conforme esperado durante todo o ano de 2016. Continue acompanhando nosso blog para saber das novidades conforme divulgarmos nossos planos; assim, você poderá se preparar para a mudança, que ocorrerá em 2017.

 

Conte-nos o que está achando. Como sempre, será ótimo receber seus comentários: bingads-feedback@microsoft.com.

 


 
 
 
Continuar lendo

Inbound marketing: Aumente seu tráfego com Bing Ads

 1

O inbound marketing, também conhecido como marketing de atração, é a metodologia que tem chamado mais atenção no mercado digital. Ao sair da lógica do outbound marketing e dialogar diretamente com as necessidades do lead, a nova estratégia cria uma relação de confiança entre marca e consumidor, aumentando a autoridade da empresa.

Diferentemente do marketing comum, o consumidor não é impactado com informações das quais ele não pediu, mas sempre com conteúdo de seu interesse, uma vez que ele o buscou, seja impulsionado por Bing Ads, blogs ou mídias sociais. Assim, a interação com o lead não é invasiva e as chances de conversão se tornam consideravelmente maiores.

 

Custos e resultados motivam o crescimento 

O inbound marketing gasta 62% menos que o tradicional em cada lead gerado e ainda conta com uma taxa de conversão maior, porque a mensagem é passada ao público no momento oportuno e de maneira eficaz.  

Para mensurar os resultados, o inbound também tem vantagem: enquanto neste é possível acompanhar conversões em tempo real e corrigir erros imediatamente, no outbound os resultados aparecem apenas meses depois e a correção de equívocos é bem mais complicada. 

Abaixo, mais indicadores do sucesso da estratégia:  

  • 93% dos processos de compra se iniciam em uma busca online - evidenciando a importância do trabalho em links patrocinados, como o Bing Ads;
  • A média de ROI produzido pela ação é de 275%.

 

Processos

São 4 etapas fundamentais para a realização do trabalho de inbound marketing: atrair personas com conteúdo interessante e por links patrocinados em buscadores, como o Bing; converter visitantes em leads; transformar lead em cliente; e encantar clientes, transformando-os em promotores de seu produto ou serviço.

É importante criar o conteúdo planejado no lugar adequado, para cativar o público-alvo e atrair interações positivas para a marca.

 

Funil

Planejar: bom conteúdo é pré-requisito para uma forte presença nas mídias sociais. Então, planejar é fundamental.

Alcançar: blogs e mídias sociais devem ser aproveitados para impactar mais leitores e possíveis consumidores. Uma boa lista de e-mail também é de grande ajuda.

Agir: sempre auxiliar o leitor a lidar com seus problemas, apresentando sugestões e materiais adicionais, terá como consequência vendas futuras.

Converter: ao agradar ao leitor, a conversão de cliques em vendas terá maior garantia.

Engajar: após uma boa experiência, a ideia é que o cliente se torne um seguidor e promotor da marca.

 

As ferramentas para o sucesso

E-mail: ter uma boa estratégia de e-mail marketing é o início para estruturar o planejamento, possibilitando o crescimento da marca.

SEO/SEM: a otimização do conteúdo nos buscadores, como o Bing, permite que o site chegue aos leitores/consumidores. Já os anúncios comprados por meio do Bing Ads permitem rápida atração de potenciais clientes, maior controle de custo e ainda facilitam na mensuração de resultados. A opção pelo Bing Ads faz ainda mais sentido por ser mais barato que seus concorrentes e com maior possibilidade de ver sua marca no topo do buscador.

Mídias sociais: sua mensagem ganha força e autoridade quando compartilhada nas mídias sociais.

Blogs: os blogs fornecerão conteúdo para que leitores acessem seu site mais vezes e consumam mais informação. Conquistar o leitor pode significar conversão em vendas.

 

Comece agora!
Não vai demorar muito para que o inbound marketing se torne indispensável. Na verdade, esse processo já está ocorrendo. A marca que não tiver comunicação direta e não invasiva com seu cliente perderá a oportunidade de converter e, consequentemente, sentirá o peso em seu orçamento.

 

Este artigo foi escrito em parceria com Eric Gomes, sócio da Agência Linka, especializada em inbound marketing e performance digital.

Continuar lendo

Como gerenciar de uma só vez, todas as reprovações em nível de grupo de anúncios

A equipe do Bing Ads revisa com atenção todos os anúncios/palavras-chave enviados para garantir a melhor experiência para os anunciantes e os usuários de nossa rede de publicidade.  Normalmente, uma revisão inicial é suficiente, mas, às vezes, uma situação excepcional exige uma segunda revisão.

Por exemplo: você tem uma agência de viagens que veicula dezenas de grupos de anúncios de diferentes companhias aéreas, redes de hotéis etc. É possível que você tenha milhares de palavras-chave e vários anúncios em um único grupo de anúncios. E as marcas dessas companhias aéreas ou hotéis podem aparecer em cada um desses anúncios ou palavras-chave, mesmo que você não seja o proprietário da marca. Nesse caso, seus anúncios podem ser reprovados por violação de marca registrada. Você pode solicitar a abertura de uma exceção, explicando que é uma agência que faz reservas para essas marcas.

Sabemos que, com vários grupos de anúncios e milhares de anúncios e palavras-chave, pode ser extremamente trabalhoso administrar exceções. Por isso, temos ótimas novidades!

Agora você pode entrar com um recurso no nível de grupo de anúncios. Basta seguir estas etapas:

a)      Navegue até o anúncio rejeitado no grupo de anúncios e clique nas reticências para ver o motivo da rejeição

 

b)      Na caixa da mensagem com o motivo da rejeição, há uma opção para recorrer do anúncio rejeitado ou de todos os anúncios rejeitados no grupo de anúncios

Você pode escolher “Todos os anúncios neste grupo de anúncios” na mensagem ou acessar o menu Editar, como mostramos a seguir:

 

A opção de solicitar exceções para todos os anúncios de um grupo está disponível somente no nível do grupo de anúncios; não é possível fazer isso em nível de campanha ou conta.

Para recorrer de anúncios pertencentes a grupos de anúncios ou campanhas diferentes, selecione o anúncio desejado e use a opção Solicitar exceção do menu Editar.

  

c)      Escolha a opção “Todos os anúncios neste grupo de anúncios” para enviar todos os anúncios rejeitados que permitem recurso (não são concedidas exceções para algumas políticas, como no caso de vários domínios de exibição por grupo de anúncios). 

 

 

Informe resumidamente por que você está solicitando a exceção à rejeição e envie.

 

d)      Todos os anúncios rejeitados no grupo de anúncios que permitem recurso serão enviados para análise

 

 

  • Na captura de tela acima, observe que o último anúncio rejeitado continua com mesmo status, pois não cabe recurso por motivo de política.
  • Veja aqui alguns exemplos de políticas que não permitem recursos:
  • O título e o texto do anúncio devem ter mais de duas palavras
  • O título e o texto do anúncio para dispositivos móveis combinados devem ter três palavras ou mais
  • Caracteres não alfanuméricos consecutivos
  • Caracteres proibidos no número de telefone
  • Conteúdo proibido no número de telefone
  • O número de telefone não inclui dígitos
  • O número de telefone é inválido
  • Erro de formato da URL
  • Uso de parâmetros de palavras-chave não permitido
  • Um domínio de exibição por grupo de anúncios

 

e)      Todas suas solicitações com status “Exceção em revisão” foram enviadas para análise. Pode levar até um dia útil para a conclusão da análise do recurso, quando você receberá os resultados por email.

 

O mesmo processo serve para recursos de todas as palavras-chave rejeitadas em nível de grupo de anúncios.

Temos aqui mais informações sobre como corrigir um anúncio individual rejeitado ou com aprovação limitada. E você pode consultar todas as políticas do Bing Ads para tentar entender o motivo da rejeição dos anúncios.

 

Queremos saber o que você acha 

Obrigado pela leitura. Como sempre, é ótimo saber o que você pensa sobre os aprimoramentos que podemos fazer para melhorar sua experiência com o Bing Ads. Esteja sempre conectado conosco pelo Fórum de sugestões de recursos, pelo Twitter ou usando os Comentários do Bing Ads.

 

 
Continuar lendo

O Bing Ads Editor 11.1 está ainda mais fácil de usar e seu desempenho foi otimizado para a versão de 64 bits

Lançamos o Bing Ads Editor 11.0, em uma versão totalmente nova. Além do feedback positivo, também recebemos ótimas sugestões para aprimorá-lo ainda mais. Assim, nesta nova versão, nos empenhamos em incorporar uma série de aperfeiçoamentos. Também estamos muito satisfeitos com o lançamento da nova versão de 64 bits do Bing Ads Editor. Se você usa o sistema operacional Windows de 64 bits e tem pelo menos 8 GB de memória, quando instalar a versão de 64 bits do Bing Ads Editor, seu desempenho será ainda melhor. 

Mais facilidade de uso: 

Usamos seus comentários como base para os seguintes aprimoramentos, de modo a tornar o Bing Ads Editor ainda mais intuitivo e fácil de usar: 

RECURSO DE ARRASTAR E SOLTAR: 

Na versão 11.0, você podia recortar, copiar e colar palavras-chave, grupos de anúncios, campanhas e outros itens, mas não era possível arrastá-los e soltá-los. Agora, com a v11.1, você arrasta e solta os itens de maneira intuitiva dentro da mesma conta ou mesmo entre várias contas. Porém, preste atenção: 

1.    Ao arrastar e soltar itens dentro da conta, eles são recortados e colados. 

2.    Ao arrastar e soltar itens entre contas, eles são copiados e colados. 

3.    Se você pressionar a tecla “Control” ao arrastar e soltar, os itens sempre serão copiados e colados. 

4.    Os itens só podem ser soltos na exibição em árvore (somente em inglês) do painel esquerdo. 

5.    Não é possível arrastar e soltar itens da “Biblioteca compartilhada”. 

 

FICOU MAIS FÁCIL DIFERENCIAR O MODO DE EXIBIÇÃO “TODOS” DOS OUTROS 

Nos disseram que é fácil esquecer dos modos de exibição predefinidos ativos que filtram itens (como as exibições “Em pausa” ou “Reprovações editoriais”). Como nem todos os itens aparecem na grade, isso fica um pouco confuso. Para resolver esse problema, agora todos os modos de exibição predefinidos são realçados, exceto a exibição “Todos”. Assim, você tem uma indicação visual de que alguns itens podem estar ocultos.  

 

NOVOS MODOS DE EXIBIÇÃO PREDEFINIDOS “NOVOS ITENS” E “ITENS EDITADOS” 

Para que você possa ver rapidamente os itens que acabou de adicionar ou editar, incluímos dois novos modos de exibição predefinidos: “Novos itens” e “Itens editados”. 

 

 

"STATUS PAI” DE TODOS OS ITENS APLICÁVEIS 

No momento de gerenciar suas campanhas, pode ser muito conveniente saber o status dos itens pai. Por isso, nessa versão, você pode ver o status pai de todos os itens aplicáveis na própria grade.  

Observação: se o campo “Status pai” não está aparecendo, você pode adicioná-lo usando o seletor de coluna. 

 

 

PERSISTÊNCIA DA COLUNA DEPOIS DE “EXIBIR ESTATÍSTICAS” 

Você pode adicionar, remover e reorganizar as colunas nas grades do Bing Ads Editor conforme precisar. Na versão anterior, às vezes, a disposição personalizada das colunas voltava ao layout padrão, quando você clicava em “Exibir estatísticas” para baixar as métricas. Agora essa falha não acontece mais. 

EXPORTAÇÃO APRIMORADA DE ERROS EDITORIAIS 

A interface do usuário do Bing Ads Editor apresenta mensagens de erros editoriais claras e intuitivas. Porém, na versão anterior, ao exportá-las, as mensagens do arquivo eram um pouco diferentes e não apresentavam o motivo específico da rejeição. Nós mudamos o texto do arquivo exportado, incluindo todos os detalhes mostrados na interface do usuário. 

     Erro editorial exibido na interface do Bing Ads Editor 

VERSÃO DE 64 BITS DO BING ADS EDITOR 

Agora temos uma versão de 64 bits do Bing Ads Editor. Se você usa o sistema operacional Windows de 64 bits e tem pelo menos 8 GB de memória, a instalação dessa nova versão otimizará o desempenho do Bing Ads Editor. Assim, você poderá fazer tudo ainda mais rápido. 

Vá para a página de download para instalar a versão de 64 bits do Bing Ads Editor
  
Observações: 

  • Se você tem uma versão de 32 bits do Bing Ads Editor instalada, primeiro é necessário desinstalá-la (as contas baixadas serão excluídas) para poder instalar a versão de 64 bits. Observe que, como as contas baixadas serão excluídas, após a instalação, será necessário baixar suas contas novamente. 
  • Lembre-se de que as versões 10 e 11.0 do Bing Ads Editor podem ser executadas lado a lado. Ou seja, você precisa desinstalar as versões de 32 bits dos dois aplicativos para poder instalar a versão de 64 bits. 

Nos diga o que você pensa. Entre em contato conosco no twitter ou envie seus comentários diretamente para bingads-feedback@microsoft.com. 


Continuar lendo