Às vezes, terceiros tentam rastrear de forma anônima e automática nossas páginas da Web. O rastreamento na Web pode ser feito por vários motivos, incluindo reunir inteligência (como, por exemplo, resultados de busca) com o propósito de fornecer informações a um aplicativo.

 

Em geral, as atividades robóticas e de rastreamento automático na Web por parte de terceiros não são permitidas em nossas propriedades. As partes interessadas devem utilizar a API de Busca do Bing para acessar os diversos tipos de fontes compatíveis. Os clientes podem se inscrever para usar a API do Bing no Windows Azure Marketplace. O Bing oferece duas opções:

 

 

O uso deve estar em conformidade com os Termos de Uso da API de Busca do Bing (em Inglês).

 

A não conformidade com as orientações e as políticas da Microsoft resultarão em bloqueio imediato e medidas adicionais por parte da Microsoft.

 

De toda forma, as atividades maliciosas são estritamente proibidas. As atividades maliciosas incluem, mas não estão limitadas a, aquelas planejadas para a enganar, defraudar ou iludir a Microsoft ou suas subsidiárias, seus parceiros, seus clientes, suas afiliadas ou seus usuários finais (como, por exemplo, manipulação da atividade de medida de cliques ou de pagamentos de publicidade por clique), atividades que exemplifique tentativas que não sejam passíveis de identificação e também aquelas que não estejam em conformidade com normas aplicáveis, práticas recomendadas do setor, políticas corporativas, etc.

 

Exceções individuais podem estar disponíveis sob circunstâncias limitadas, totalmente ao critério da Microsoft e revogáveis a qualquer momento, sem aviso prévio. Para enviar uma solicitação de exceção, envie um e-mail para TQException@microsoft.com.

 

Caso tais exceções sejam garantidas, as seguintes orientações devem ser seguidas:

 

  • Identificação. As atividades de rastreamento na Web precisarão ser comunicadas à Microsoft e identificadas através do acréscimo de um valor ao Agente do Usuário (“UA”). Esse valor deverá ser comunicado à Microsoft.
  • Listas patrocinadas. Clicar em um anúncio é estritamente proibido.
  • Limites de tráfego. Os limites de tráfego podem ser comunicados pela Microsoft.
  • Uso de dados.
    • As informações reunidas como parte das atividades de rastreamento não deverão ser usadas para fins fraudulentos ou maliciosos, conforme descrito acima, ou de modo que possa causar danos à Microsoft ou a suas subsidiárias, seus parceiros, seus clientes, suas afiliadas ou seus usuários finais.
    • A coleta de informações pessoais no nível do usuário final individual, incluindo, mas não limitada a, informações sobre endereço IP (“IP”), atividade de clique e outros comportamentos de navegação, dados do navegador e histórico de buscas, etc. é estritamente proibida.

 

A Microsoft é um membro do IAB (Internet Advertising Bureau), e temos o compromisso de manter um alto padrão em relação às práticas recomendadas e ao engajamento no setor. Isso inclui honrar as Práticas Recomendadas sobre Spiders e Bots (em Inglês) do IAB.