Conheça a segmentação regionalCom a segmentação regional do Bing Ads, você pode decidir quais são as regiões geográficas que melhor correspondem à área de cobertura desejada. Usando diversas ferramentas para ajustar seu foco, você pode se direcionar ao seu público-alvo por localização geográfica específica, incluindo códigos postais, cidades, estados, países e outros.

Por que a segmentação regional?

Os usuários locais têm maior probabilidade de agir em resposta a anúncios. Eis a prova:


  • Quatro em cada cinco consumidores conduzem pesquisas locais em mecanismos de busca usando computadores, tablets e dispositivos móveis.1
  • Três em cada quatro buscas em dispositivos móveis, e duas em cada três buscas em computadores/tablets, resultam em uma compra efetuada por clientes em lojas físicas.1
  • Uma proporção de 67% dos usuários de smartphones e 72% dos usuários de computadores/tablets querem anúncios personalizados para o respectivo local, por exemplo, a cidade ou o código postal.2

Você tem pleno controle dos locais em que seus anúncios são mostrados com a segmentação regional. Ao anunciar estrategicamente com base na localização dos seus melhores clientes, você pode aumentar a taxa de conversão de seus anúncios e obter um ROI melhor. Talvez você prefira veicular anúncios apenas para os usuários de uma área específica ou precise realizar um teste em uma região antes de ampliar sua campanha. Se o seu orçamento é limitado, você pode poupar dinheiro concentrando seus anúncios somente nos lugares em que eles causarão o maior impacto. Por outro lado, a segmentação regional também ajuda a excluir locais de modo a evitar as áreas que não são lucrativas.

Recursos mais usados na segmentação regional

Utilize a combinação desses recursos para veicular seus anúncios na região correta, para o público certo.


Segmentação regional

Segmentação por código postal: especifique sua região-alvo pelo código postal e veja um mapa claro da área de segmentação (disponível apenas para códigos postais dos EUA).


Segmentação por raio de alcance: faça uma segmentação por raio de alcance e especifique milhas ou quilômetros. Atualizações recentes permitem uma segmentação por raio de alcance entre 1 e 500 milhas ou entre 1 e 800 quilômetros em incrementos de 1 milha/quilômetro.


Segmentação por intenção ou interesse: direcione-se aos usuários que estão procurando ou vendo seus anúncios nas regiões selecionadas por você. Por exemplo, um anunciante pode querer veicular anúncios apenas para os usuários em San Francisco que estejam procurando informações sobre hotéis em Seattle, e não para aqueles que moram em Seattle.


Aumento do limite para locais-alvo: nós aumentamos o limite de entradas de segmentação, de modo que você pode incluir e excluir até 10.000 para cada campanha e grupo de anúncios.


Controle do mapa: graças ao recurso melhorado de controle do mapa, você pode ver os contornos poligonais dos locais que segmentou e também dos que excluiu. Além disso, é possível adicionar ou remover segmentação do controle do mapa.


Relatório de local geográfico: este relatório recém-remodelado mostra exatamente que tipo de local — por exemplo, local físico ou local de interesse — foi usado para veicular seu anúncio, proporcionando uma visão mais detalhada do desempenho da segmentação regional.


Extensões de local: Mostra o endereço e telefone da sua loja e instruções de como chegar diretamente em seus anúncios. Está comprovado que isso aumenta o envolvimento do usuário e a taxa de clique em anúncios em até 33%.


Saiba mais sobre segmentação

Para conhecer métodos de como alcançar o público certo, incluindo instruções para segmentação regional, veja Como segmentar clientes. Em seguida, dê uma olhada no tópico Como coloco meus anúncios na frente de meus clientes? para saber detalhes sobre todas as opções de segmentação.


Para se conectar com usuários locais, comece a usar a segmentação regional hoje mesmo. Acesse o Bing Ads para começar.


Acesse

1. comScore, Neustar Localeze, and 15 Miles. "Trends Shaping Local Search in 2014."

2. Ipsos MediaCT, Purchased and Google. "Understanding Consumer’s Local Search Behavior," 2014.